“Vitalina Varela”, filme de Pedro Costa que conta a história de um casal de cabo-verdianos separados pela imigração, está entre os filmes nomeados a candidato português à categoria de Melhor Filme Internacional dos Óscares. Além deste, estão na corrida “Listen”, de Ana Rocha de Sousa, “Mosquito”, de João Nuno Pinto e “Patrick”, de Gonçalo Waddington.

Em comunicado, a Academia Portuguesa de Cinema anunciou na passada segunda-feira “os quatro filmes nomeados para votação do candidato de Portugal à categoria de Melhor Filme Internacional na 93.ª edição dos Óscares” a decorrer em Abril de 2021.

Os nomeados foram escolhidos por um comité de pré-seleção composto por nomes como da atriz Isabel Abreu, do realizador Lauro António e do ator e realizador Welket Bungué.

O processo de escolha do candidato português irá passar agora “por um período de votação entre os membros da Academia Portuguesa de Cinema, que decorre de 2 a 15 de novembro, até à revelação do filme selecionado, que será anunciado a 16 de novembro”.

A 93.ª edição dos Óscares está marcada para 25 de abril de 2021, em Los Angeles, nos Estados Unidos da América.

O filme Vitalina Varela estreou-se em 2019 no Festival de Locarmo, na Suíça, tendo recebido então o Leopardo de Ouro, sendo este o prémio máximo, e Vitalina Varela, a protagonista foi premiada como melhor atriz.

A actriz é também responsável pelo argumento do filme, em conjunto com o realizador Pedro Costa.

Entretanto, o filme já foi exibido em mais de 50 festivais de cinema, cinematecas e ciclos dedicados a Pedro Costa, sendo premiado em montras internacionais de cinema como o Festival de Cinema de São Francisco nos Estados Unidos, que deu a Pedro o prémio de “Persistence of Vision”.

“Vitalina Varela” relata a história verídica de uma mulher cabo-verdiana que viveu a maior parte da sua vida à espera de ir ter com o seu marido, Joaquim, emigrante em terras lusitanas. Chegando três dias após o seu funeral, Vitalina seguiu os escassos vestígios físicos que o marido deixara, descobrindo a sua vida secreta e ilícita.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.