O ator e realizador luso-guineense Welket Bungué foi distinguido no Festival Internacional de Cinema de Estocolmo pela prestação no filme “Berlin Alexanderplatz”.

De acordo com o festival, que termina no domingo, Welket Bungué venceu o prémio de melhor ator em “Berlin Alexanderplatz”, do realizador alemão Burhan Qurbani, e que, por sua vez, foi eleito o melhor filme da competição oficial.

Em “Berlin Alexanderplatz”, que teve estreia mundial em fevereiro no festival de Berlim, Welket Bungué interpreta Francis, um refugiado que chega à Europa depois de um violento naufrágio.

O filme é inspirado num romance escrito em 1929 por Alfred Döblin, e foi um trabalho “muito desafiante” para Welket Bungué, que não falava alemão, como contou em fevereiro em entrevista à agência Lusa.

“Ao deparar-me com essa aparente limitação tive de incorporá-la, sendo o refugiado que entra neste território e que não se consegue expressar linguisticamente, e isso é um entrave real. Nunca fui refugiado, mas sou filho de migrantes, que foram para Portugal, portanto passámos por esse processo de assimilação linguística e este personagem também”, revelou.

Para o ator, que esteve nomeado para o prémio de representação em Berlim, este filme “debate-se muito com as estruturas que imperam no continente europeu e que filtram a entrada de pessoas, mesmo quando estão a fugir de situações de guerra. É também retratada a promiscuidade associada ao asilo e que, embora seja do conhecimento global, é uma temática que ainda não está esgotada”.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.