Inocêncio Alberto de Matos morreu há três semanas, durante a manifestação de 11 de novembro em Luanda. Desde então, a família incorreu numa luta judicial para prover uma nova autópsia independente com a presença de um fotógrafo para corroborar ou refutar o resultado da primeira. A autópsia vai ser realizada esta quinta-feira, 26.

Depois de ter sido garantida a realização do acto, o pai de Matos, Alfredo Miguel Matos, suspendeu o seu protesto diário em frente ao Palácio de Justiça.

Inocêncio Alberto Matos foi morto durante a manifestação de 11 de novembro contra o alto nível de desemprego e pela marcação das eleições autárquicas em 2021, alegadamente por um objecto contundente, segundo o médico que o atendeu no hospital. A informação colocada a circular nas redes sociais, de acordo com testemunhas no local dos protestos, é que Matos foi vitima de um disparo por parte das forças de segurança.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

[Fancy_Facebook_Comments]