Black in Tech Berlin | DR

Black in Tech Berlin quer mudar o sector das tecnologias na Alemanha

A Black Tech Berlin é a primeira comunidade de profissionais negros do sector das tecnologias em Berlim, Alemanha. O grupo faz networking e partilha ideias para garantir a mudança no sector tecnológico, uma indústria onde os negros ainda são sub-representados.

Com 600 membros e a principal função de recrutar profissionais para diferentes empresas, a Black Tech Berlin foi fundada pela jovem Kave Bulambo, que nasceu na África do Sul e com origens da República Democrática do Congo.

Bulambo juntou-se a Emmanuel Acquah como cofundador da comunidade, por via da sua experiência de engenharia e contratação de talentos.

A comunidade surgiu assim como fruto da experiência pessoal dos dois fundadores, que sempre encontraram barreiras no desenvolvimento das suas carreiras dentro da indústria tecnológica em Berlim, enquanto profissionais negros.

Senait Isaac, membro da Black in Tech Berlin, em entrevista ao site Africanews, disse que se sente desvalorizada na industria Tech alemã.

“Sinto que dei cinco passos para trás. É tão lamentável que trabalhei muito para chegar ao ponto onde estou, mas muitas das empresas aqui na Alemanha realmente tendem a subestimar as minhas experiências, o meu conjunto de habilidades e a minha formação. É uma batalha constante, seja durante as entrevistas, seja durante o processo de negociação”, explicou.

Alguns membros do Black in Tech Berlin nasceram na Alemanha, enquanto outros são naturais de países como Gana, Quénia e Estados Unidos. Antes da pandemia do coronavírus, o grupo reunia-se uma vez por mês. Hoje em dia, realizam reuniões virtuais online.

Berlim é um dos maiores centros de tecnologia da Europa, mas é predominantemente branca. Um relatório que entrevistou 1.200 fundadores europeus de empresas de tecnologia revelou que 84% se identificaram como brancos e apenas 0,9% como negros.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

nv-author-image

Mauro Aghuas

Pai de 2| Linux entusiasta| Fã de Cazuza | amante da cultura Hip-Hop e apaixonado por festivais de Rock em Angola