Moçambique - Maputo | ©Rohan Reddy

Moçambique é o nono pior no Índice de Desenvolvimento Humano

Moçambique é o nono país menos desenvolvido do mundo na posição 181 de um ‘ranking’ de 189, apesar de registar uma subida marginal do valor absoluto do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) das Nações Unidas. O país mantém-se como o último lusófono da lista.

Segundo o relatório, baseado em dados de 2019 – ou seja, antes da pandemia de covid-19 -, Moçambique obteve um valor de IDH de 0,456 que compara com 0,452 em 2018, ano em que ficou também no 181.º lugar (posição atualizada no atual relatório, depois de há um ano o país ter sido anunciado na posição 180, com um IDH de 0,446).

Entre Moçambique e o fim do ‘ranking’ estão o Burkina Faso, Serra Leoa, Mali, Burundi, Sudão do Sul, Chade, República Centro Africana e Niger, por esta ordem.

Ao figurar na cauda da tabela, Moçambique está abaixo do valor médio de IDH do grupo de países de baixo desenvolvimento humano (0,513), que integra, e abaixo do valor médio de IDH da África Subsariana (0,547), de acordo com o documento das Nações Unidas.

A organização alerta que as comparações de valores e classificações com os de relatórios anteriormente publicados podem ser enganadores devido a revisões e atualizações dos dados, mas aponta para uma evolução constante do país nos últimos cinco anos.

O relatório indica uma melhoria de duas posições de Moçambique no ‘ranking’ do IDH entre 2014 e 2019, período usado como bitola para medir progressos.

Por outro lado, quanto ao ritmo de melhoria do índice, este cresceu, em média, a 1,44% ao ano entre 2010 e 2019, uma cadência que tende a desacelerar em relação a décadas anteriores: 3,07% anualizado entre 1990 e 2000 e 2,71% de 2000 a 2010.

Ainda segundo o relatório divulgado, a esperança média de vida à nascença em Moçambique é de 60,9 anos (56,1 em 2014), a média de escolaridade é de 3,5 anos (eram três em 2014) e o rendimento nacional bruto per capita é de 1.250 dólares (1.205 em 2014).

O IDH é apresentado pelas Nações Unidas como “um índice composto que mede o desempenho médio em três dimensões básicas do desenvolvimento humano: uma vida longa e saudável, conhecimento e um padrão de vida decente”.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

nv-author-image

BANTUMEN c/ agências

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.