“Betty, a Feia” é a novela mais reproduzida da televisão, a nível mundial, e agora vai ganhar uma nova versão e uma com protagonista negra. Desta vez, será adaptada na África do Sul, com o título de “uBettina Wethu”(Nossa Bettina).

Considerada pelo Guiness Book como a novela mais adaptada da história da TV mundial, a colombiana “Betty, a Feia (1998)” ganhará mais um remake para a sua interminável lista de versões internacionais.

De acordo com a revista Variety, a obra vai começar a ser gravada em janeiro de 2021, para estrear-se em abril, pela emissora pública SABC, e pela primeira vez uma atriz negra vai interpretar a personagem principal. A identidade da atriz ainda não foi revelada.

A pré-produção da série  já teve início em Johanesburg, a maior cidade da África do Sul e capital da província de Gauteng.

Um verdadeiro sucesso em diversas partes do mundo, “Betty, a Feia” já ganhou inúmeras adaptações, inclusive uma brasileira que foi produzida pela Rede Record e foi vista por milhões de pessoas nos demais países que compõem a lusofonia.

Criada por Fernando Gaitán na Colômbia em 1999, a série tem quase 25 versões ao redor do mundo. Só o Brasil já conheceu cinco delas: a original, a mexicana “A Feia Mais Bela (2006)”, a brasileira “Bela, a Feia (2009)” – protagonizada por Giselle Itié , a série “Ugly Betty (2007-2010)” e a novela “Betty, a Feia em Nova York(2019)”, ambos norte-americanas.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

[Fancy_Facebook_Comments]