EVEHIVE é uma das principais DJs e produtoras musicais do eixo Rio de Janeiro x São Paulo e cuja popularidade está em franca ascensão. A artista acaba de lançar novo projeto, Pango, onde é evidente a sua pesquisa e identificação com a música eletrónica da diáspora africana unida às referências regionais da carioca radicada em São Paulo desde 2018.

Responsável por remixes oficiais de artistas como Linn da Quebrada, Tássia Reis ft. Monna Brutal e Taslim, EVEHIVE já lançou também faixas autorais de respeito como “Creme”, fruto da parceria entre Biel Lima e Zaila, fazendo sucesso na cena Ballroom, do Vogue brasileiro, e também a swingada faixa “Xaica” lançada na compilação “Desorden Y Progreso, Vol. 4” do selo mexicano Onda Mundial.

São essas mesmas sonoridades que desaguam em Pango, uma experiência sonora fincada na identidade afrodiaspórica somada à brasileira, reunindo várias referências que Eve tem explorado ao longo da sua carreira.

O mini álbum da artista tem seis faixas e o seu principal single, que leva o nome do projeto, tem elementos quentes de Gqom, misturando também elementos do Funk 150bpm, Vogue Beat, Kuduro, Afrobeat e House.

Enquanto não podemos lotar as pistas de dança por esse mundo afora, resta-nos apreciar este Pango entre as quatro paredes da nossa sala de estar.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

[Fancy_Facebook_Comments]