Cabo-verdiano Joseph Martial Ribeiro nomeado vice-director-geral do BAD

O cabo-verdiano Joseph Martial Ribeiro foi nomeado novo vice-director-geral do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) para a região da África Ocidental, pelo presidente daquela Instituição, no âmbito da substituição dos directores regionais.

O anúncio, feito pelo presidente e divulgado no site do BAD, realça que a mudança dos líderes dos escritórios regionais é a primeira grande reforma desde que Akinwumi Adesina foi reeleito presidente do banco, no final do ano passado, com unanimidade por parte dos accionistas.

Estas nomeações servem, segundo o BAD, para preparar o envolvimento do banco na recuperação das economias africanas pós pandemia.

“O Joseph tem conseguido, com sucesso, representar o banco em três países lusófonos, para além de ser um profissional realizado com grande experiência política e capacidade de gestão”, disse Adesina, para quem a experiência e o conhecimento dos projectos de desenvolvimento público-privados, no terreno, por parte do cabo-verdiano vão contribuir enormemente para o sucesso das operações do Banco na África Ocidental”.

Em declarações ao site do BAD, Joseph Martial Ribeiro manifestou-se “muito honrado” com a confiança que o Presidente Adesina depositou na sua pessoa através da nomeação que considerou de prestígio e à qual promete assumir com “responsabilidade”.

Joseph Ribeiro foi até agora o representante residente do BAD em Angola, acumulando também as funções de elo de ligação com São Tomé e Príncipe.

Antes de ingressar no maior banco multilateral africano em 2000, Joseph Ribeiro tinha trabalhado como consultor de engenharia, mas nos últimos 20 anos no BAD e já foi responsável por Angola, entre 2009 e 2011, ano em que passou para Moçambique até 2017, tendo então voltado a Angola, em acumulação com São Tome e Príncipe.

A promoção de Joseph Ribeiro surge no contexto da renovação dos directores regionais, um dos primeiros passos tomados por Akinwumi Adesina depois da reeleição e que serve de preparação para a recuperação económica pós pandemia de covid-19.

Para a região central de África foi escolhido Serge N’Guessan, para a África Oriental foi nomeada Nnenna Lily Nwabufo, e Malinne Blomberg ficará responsável pela região norte, enquanto para a África Austral a escolha recaiu sobre Leïla Farah Mokadem.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

BANTUMEN c/ agências

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.