RRPL | DR

8 anos de RRPL, o maior projeto de rompimento dos PALOP

O Hip-Hop em Angola está em festa. A principal liga de rompimento, a RRPL, já leva oito anos desde que começou a promover os emcees, que há muito andavam famintos por um campo de batalha que colocasse os holofotes nos seus freestyles.

Projetado pelo veterano do movimento Hip Hop angolano, Fly Squad, a arena por onde passaram alguns dos melhores MCs angolanos ao longo destes oito anos teve um crescimento notável, tendo sido realizadas mais de 30 batalhas oficiais apenas no ano de 2020, sem nos esquecermos que este foi um ano pandémico.

Tudo começou no dia 11 de Janeiro 2013. A data marcava a realização da primeira batalha, numa roda cheia de gente a puxar pelos “Gladiadores”. Foram vários os telemóveis e câmaras que registarm a vitória de “Hacker Mc” sobre “Ney”.

Oito anos depois, quem seria capaz de imaginar que o Projeto “Reis do Rompimento Primeira Liga” teria a influência que teve, e tem até hoje, para o movimento Hip-Hop em Angola? A verdade é que, atualmente, a RRPL é o terceiro canal com mais subscritores em Angola – 163 mil – e, no país, é o canal mais pesquisado no YouTube.

Até agora, o Projeto “Reis do Rompimento Primeira Liga” conta com sete temporadas. Ao longo do tempo, tem sido possível verificar uma liga inclusiva, que deu a conhecer ao público um variado número de “Gladiadores”, provenientes das diversas províncias de Angola, sem esquecer as Batalhas entre diferentes ligas, promovidas por Fly Skuad e parceiros.

Desde a criação do projeto foram surgindo muito “Gladiadores” que acabaram por se tornar uma influência para vários jovens. É o caso de MC A, Mente Mágica, Paizão, Tanay Z, Rei Salomão e outros nomes que dispensam apresentações.

Com a Season 7 no final, os gladiadores que vão disputar o trono de Rei do Rompimento da Primeira liga são “Salomão Rei” e “MC Hidra”. De salientar que Hidra teve, a par do seu adversário, uma temporada bastante regular, o que lhe garantiu o lugar na final a ser realizada no dia 17 de Janeiro, ás 16:00 horas, no Elinga Teatro.

O evento contará com transmissão em streaming, através da plataforma Zoom. Os bilhetes estão disponíveis para compra online através do link. .

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Mauro Aghuas

Pai de 2| Linux entusiasta| Fã de Cazuza | amante da cultura Hip-Hop e apaixonado por festivais de Rock em Angola