Cali John | ©MiQ

Bastidores: “Única Mulher” de Cali John

Cali John, um dos membros dos Mobbers, está com uma nova carta na manga. O artista lança esta sexta-feira, 19, o single “Única Mulher”. A BANTUMEN esteve nas gravações e aproveitamos para mostrar-te um pouco do que aconteceu nos bastidores.

O conceito e a realização do vídeo de “Única Mulher” é assinado pela Black in Black One e Johel Almeida da Afro Digital foi o responsável pela direção fotográfica do clipe.

Sobre a composição da música, Cali explicou-nos em exclusivo qual foi a sua inspiração. “Actualmente as relações estão voláteis. Rápidas como a ingestão de um pastel de nata. O que ontem era certo, hoje está errado e, amanhã novamente certo. Esta espiral de informação a cada segundo, à distância de um clic, tornou o mundo emocional uma “coisa banal” . É aqui que penso no tema “Única Mulher”, disse o artista.

Na letra, ouvimos Cali falar de uma relação “duradoura, de amor e respeito mútuo onde a partilha faz parte integral de tudo”, realçando que “todas as mulheres são únicas. Só precisam do cavaleiro certo”.

O single tem a produção executiva do próprio Cali. “Reuni beatmakers de diferentes áreas, afim de chegar à sonoridade que queria ter e consegui. Inicialmente, gravei uma maquete no meu estúdio de casa, com a base instrumental do ” Marconadas “. Posteriormente, fui gravar a versão final no estúdio Mo’Kubiko, onde surgiu a ideia do Fresh Beats fazer uma co-produção em conjunto com o Conductor. O Niko depois deu o adoço final, mas que só vou utilizar nos concertos para ter sempre um brinde extra a presentear ao ouvinte. 
O mix e o Master ficaram a cargo do Pedro Bicas, pois consegue manter a minha alma colada aos instrumentais.”

Abaixo, podes ver o vídeo dos bastidores, cujas imagens foram captadas pela MiQService e Gustavo Guerreiro. A edição é de Emerson.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

nv-author-image

Bruno Dinis

Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.