Vado Más ki ás

A “Vida Louca” de Vado Más ki Ás no “Tribunal”, que não é o seu lugar

O trabalho de Vado Más Ki Ás tem sido constante, mesmo no meio da pandemia. O rapper tem usado o estúdio como a sua mais fiel companheira. E a prova disso são as duas novas músicas lançadas nesta quinta-feira.

“Vida Louca” conta com a produção de Young Max e dá-nos uma melodia viciante com uma mensagem que faz lembrar o conceito do famoso “Thug Life” de TuPac Shakur. A expressão “vida bandida” retrata um estilo de vida daqueles que enfrentam demasiadas adversidades ao longo do seu percurso, mas que nunca desistem de lutar pelos seus objetivos e sonhos. Já em “Vida Louca”, Vado fala da luta pela ascensão, não esquecendo que é um homem negro e de todos os pressupostos inseparáveis dessa indubitabilidade.

Podemos cair no erro de pensar que Vado debruça-se sempre nos mesmos assuntos, mas não. O Rap que faz denúncia e é interventivo. Apesar do instrumental dançante, somos arrastados para uma lyric que nos alerta para racismo, violência policial, pobreza e narcotráfico.

Já em “Tribunal”, assinada por Andrezo, Pikinoti mano Vado sublinha que apesar da vida louca, o tribunal não é o seu lugar e que vai fazer de tudo para se manter longe. “Tribunal é lugar de diabo. Police, nós não temos diálogo” podemos ouvir num dos versos.

Ao que tudo indica, estes dois temas fazem parte de um EP homónimo que Vado MKA está neste momento a preparar.

A última vez que ouvimos algo de Vado Mas Ki Ás foi em outubro do ano passado, aquando do lançamento de “Mulher Africana”, produzido por Rizzo e que contou com a participação de Pragga Donzalla, um dos fundadores dos Nigga Poison, nos anos 90.

O tema foi um regressar às suas raízes, onde conta histórias, relatos e tradições que lhe foram passados ao longo da sua vida, pela sua mãe, além de ser também uma dedicatória especial para todas as mulheres de origem africana.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com

nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.