Burna Boy | Foto: Yusuf Sanni

Finalmente, Burna Boy leva o primeiro Grammy

Twice As Tall é o Melhor Álbum de Música Global nos Grammy 2021 e Burna Boy passa a fazer parte da restrita lista de africanos a receber o prémio, depois de Cesária Évora, Sikiru Adepoju e Angelique Kidjó.

A gala de premiação da 63ª edição dos Grammy aconteceu na noite deste domingo e Burna Boy finalmente levou para casa o tão desejado prémio na categoria de Melhor Álbum de Música Global.

Na mesma categoria concorriam nomes como Antibalas (Fu Chronicles), Bebel Gilberto (Agora), Anoushka Shankar (Love Letters) e Tinariwen (Amadjar).

Na edição de 2019, Burna Boy foi indicado para categoria de Melhor Álbum de World Music com o álbum African Giant, perdendo para a icónica cantora Angelique Kidjo, que na mesma noite dedicou o prémio ao cantor nigeriano.

Twice As Tall é o terceiro álbum de estúdio do rapper nigeriano, que é uma extensão da sua agenda pan-africanista presente no álbum African Giant.

No álbum, Burna viaja por terrenos sócio-conscientes, insistindo na fracassada agenda afro-política, no subdesenvolvimento do continente, imperialismo ocidental, entre outros problemas sociais africanos.

Twice As Tall foi lançado em agosto de 2020, tem 15 faixas e conta com a participação de nomes como Youssou N’Dour, Naughty By Nature, Sauti Soul, Chris Martin do ColdPlay e Stormy, tendo ainda as produções de Timbaland, DJDS, Diddy, entre outros.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

nv-author-image

Bruno Dinis

Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.