Kanye West é agora o negro mais rico da história dos Estados Unidos

A fortuna de Kanye West disparou depois da nova parceria da sua marca Yeezy com a GAP, fazendo com a que a riqueza do rapper aumentasse 500%.

Avaliado pela Bloomberg, Kanye tem agora uma fortuna monstruosa de 6.6 biliões de dólares, tornando-se então no negro mais rico da história dos Estados Unidos, superando o empresário e engenheiro químico Robert F. Smith.

O documento privado que foi revisado pela Bloomberg avaliava o negócio de snickers entre a Yeezy com Adidas e a Gap em 3,2 bilhões e, atualmente, o mesmo acordo aumentou para 4,7 bilhões de dólares pelo banco UBS Group AG.

O mesmo documento revela que West detém a propriedade exclusiva e o controlo criativo por dez anos para projetar e vender marcas para homens, mulheres e crianças.

Os investidores reconheceram a importância da colaboração de Kanye e enviaram o máximo de ações em pelo menos 40 ano, desde o momento que o negócio foi anunciado em junho de 2020, e o documento indica que os números entre a GAP e a Yeezy rompam os 150 milhões em vendas, em 2022. No ano passado, as vendas dos ténis Yeezy aumentaram 31%.

A CEO da GAP, Sonia Syngal disse que dialogou com Kanye e garantiu aos seus analistas que o rapper está focado na nova linha e descreveu a coleção como um “conceito básico moderno e elevado”.

West ganha sobre as vendas e a sua comissão aumenta à medida que o negócio cresce, mas obterá garantias de ações quando a linha atingir a meta de vendas fixada a 700 milhões de dólares.

De acordo com um balanço não auditado pelas finanças de Kanye Wes,t fornecido pelo seu advogado, o artista e designer de moda tem 122 milhões em dinheiro e ações pessoais, juntando-se mais 1,7 bilhões de outros ativos, incluindo um investimento na marca de roupa Skims, da sua ex-esposa Kim Kardashian. Todo o catálogo musical de Ye vale 110,5 milhões, de acordo com uma avaliação da Valetiem Group em 2020.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Bruno Dinis

Carrego a cultura kimbundu nas minhas veias. Angolanidade está presente a cada palavra proferida por mim. Sou apologista de que a conversa pode mudar o mundo pois a guerra surgiu também de uma. O conhecimento gera libertação e libertação gera paz mental, por tanto, não seja recluso da ignorância.