Gio Lourenço | DR

Gio Lourenço leva “Preta” à Bienal de Arquitetura de Veneza

Gio Loureço, ator angolano a viver em Portugal, vai apresentar a performance Preta, no Pavilhão da Holanda na 17ª Bienal de Arquitetura de Veneza. O evento arranca no dia 22 de maio, subordinado ao tema “Como viveremos juntos?”, depois de ter sido anulado no ano passado devido à epidemia.

O convite surgiu através da arquitecta Afaina de Jong, fundadora do estúdio Afarai. O seu trabalho está profundamente conectado com representação de pessoas e movimentos culturais que não são tradicionalmente representados na forma arquitetónica.

Preta é uma criação de Lourenço, que tem por base as suas memórias dos anos 1990, quando saiu de Luanda em direção ao Bairro do Fim do Mundo – na zona de Cascais -, na altura, povoado sobretudo por emigrantes oriundos de Angola, Cabo Verde e Guiné-Bissau.

“O corpo reencontra os gestos e os itinerários da transição da infância para a juventude. Preta era a cadela feroz que delimitava a fronteira  entre a casa e a escola, obrigando a experimentar movimentos de fuga, de silêncio e de transgressão”, podemos ler na sinopse da performance que absorve dois universos distintos, fechados sobre si próprios e as possibilidades de ligação entre eles. 

Na ficha técnica de Preta encontramos também os nomes de Zia Soares, que emprestou a sua voz ao projeto, e de Francisco Vidal, como responsável pela concepção cénica.

Atualmente, Gio Lourenço é ator residente do Teatro GRIOT, desde a sua formação, tendo participado em peças de Zia Soares, Rogério de Carvalho, Nuno M. Cardoso, Guilherme Mendonça, Bruno Bravo, António Pires e João Fiadeiro. Em televisão, participou em séries como “Equador”, “Inspetor Max”, “Ele é Ela”. No cinema, participou nas curta-metragens Filmes e Telemóvel, de Adriano Luz, Verdade Inconveniente, de Pedro Sebastião e Paulo Cuco.

A 17ª Exposição Internacional de Arquitetura “Como viveremos juntos?” está marcada para abrir ao público presencialmente de 22 de maio a 21 de novembro de 2021. Organizada pela Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza, a exposição estava programada para acontecer entre os meses de agosto e novembro de 2020.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.