Arte - Design - Pintura | ©Rachael Gorjestani

Governo Moçambicano lança 7ª edição do Prémio Jovem Criativo

A Secretaria de Estado da Juventude e Emprego de Moçambique (SEJE), lançou nesta quarta-feira, dia 28 de abril, a VII Edição do Jovem Criativo, que é um concurso com o objetivo de premiar jovens nas áreas do Empreendedorismo, Inovação Tecnológica e Criação Artística.

Por ocasião do lançamento, Oswaldo Petersburgo, Secretário de Estado da Juventude e Emprego, afirmou querer que a juventude ganhe destaque na busca de soluções inovadoras e criativas para o país e informou que espera-se a participação de pelo menos cinco mil jovens na iniciativa.

No seu discurso, Petersburgo reafirmou a importância de premiar jovens que estejam a fazer diferença na sociedade, independentemente da sua área de atuação. O secretário deu exemplo de um DJ, que à primeira vista pode não ser importante, mas, alegra as famílias moçambicanas e gera emprego para outras pessoas na sua cadeia de valor.

Através desta declaração, Petersburgo relembra as críticas que a SEJE sofreu ao premiar DJ Faya, um artista moçambicano que com a pandemia da Covid-19, dedicou-se a realizar lives nas suas redes sociais, para alegrar o povo moçambicano.

Este é “um programa do Governo, que visa empoderar a juventude através da identificação, reconhecimento e distinção de jovens que se evidenciam de forma impactante (…), gerando soluções concretas para as suas comunidades”, afirmou ainda o diplomata.

No referido evento, foi igualmente anunciado que Moreira Chonguiça, saxofonista de renome internacional, será o presidente do júri que vai avaliar os concorrentes.

Sob a liderança de Chonguiça, outros membros do jurado foram apresentados, são eles: Sazia Sousa (empreendedora na área da Tecnologia), Mazuze Culpa (empreendedor na área de Arquitetura), Chivambo Mamadhusen (Presidente do Grupo Videre, actuantes na área de imobiliária) e Assif Osman (um renomado empresário de Cabo Delgado).

Lembrar que, no ano passado, foram premiados 14 jovens, sendo que cada um recebeu um troféu, um cheque de 130 mil meticais (cerca de 1.800 euros), um telemóvel com acesso à Internet e chamadas gratuitas por um ano, um certificado de vencedor, um computador e senha para compras num estabelecimento comercial.

Além dos vencedores, outros 185 concorrentes que foram perdendo nas duas principais fases eliminatórias receberam prémios como computadores, senhas para compras e certificados.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

nv-author-image

Velsoma Cumbana

Amante incurável de Jesus e consequentemente de todo o ser humano - ao menos tenta! Ama escrever e faz da comunicação, extensão de si mesma.