The Weeknd

Billboard Music Awards 2021: The Weeknd, Pop Smoke e Bad Bunny entre os melhores da noite

Billboard Music Awards (BBMAs), um dos maiores eventos da indústria musical norte-americana realizado pela revista semanal Billboard, está de volta depois de um dos anos mais desafiadores para a cultura, e sociedade em geral, a nível mundial.

O evento premeia anualmente os artistas mais destacados das tabelas musicais publicadas semanalmente pela revista, de acordo com os dados de venda de álbuns e faixas digitais, streamings, reproduções nas rádios, assim como o impacto dos artistas nas redes sociais.

A edição de 2021 foi ao ar no último domingo, 23, com transmissão ao vivo da NBC TV, no Microsoft Theatre em Los Angeles, Califórnia. Nick Jonas, da banda Jonas Brothers, foi o mestre de cerimónia.

Com um total de 54 categorias, The Weeknd foi o artista com mais indicações, 16. De salientar que o cantor canadiano foi excluído das nomeações nos Grammy 2021, apesar do sucesso mundial do seu último álbum, After Hours. No final da noite, levou para casa dez estatuetas, incluindo a de Melhor Artista. Com nove prémios Billboard anteriores, The Weeknd é assim o quarto artista mais laureado, a seguir a Drake, Taylor Swift e Justin Bieber.

Na cerimónia, Pop Smoke, assassinado em fevereiro de 2020, ganhou cinco prémios postumamente e grupo de K-Pop BTS venceu as quatro categorias para as quais estavam indicados. Um grande sucesso para os cantores coreanos, cujo novo videoclipe, Butter, atingiu mais de 203 milhões de visualizações em quatro dias.

Taylor Swift, Kanye West e Lady Gaga também ganharam um prémio. Por fim, a cantora P! Nk, vencedora do Icon Award, destacou-se com sua atuação com o título Cover Me Sunshine, onde realizou uma coreografia aérea acompanhada de sua filha.

De novidade para esta edição, foi a ausência do prémio de tournée, incluindo a categoria Melhor Artista em Turnê, devido à pandemia da COVID-19. E as categorias Melhor Artista Social e Melhor Colaboração com votação aberta aos fãs.

A noite foi marcada também com a cantora Pink a ser homenageada com o prémio Prémio Ícone da Billboard. Drake, o artista mais condecorado da história do Billboard Music Awards, que venceu a categoria de Melhor Artista de Streaming, foi também homenageado com o Prémio Artista da Década da Billboard. Um prémio anteriormente atribuído a dois artistas: Mariah Carey, da década de 90, e Eminem que foi o “líder” da primeira década do século XXI.

O evento teve as atuações de The Weeknd, Pink, Alicia Keys, BTS, Twenty One Pilots, Bad Bunny with Karol G, SZA, entre outros.

Na lista de vencedores destacam-se o mais indicado, The Weeknd, que das 16 indicações venceu dez, Pop Smoke com cinco estatuetas, enquanto Bad Bunny e BTS receberam quatro cada.

Melhor Artista:
The Weeknd

Artista Revelação:
Pop Smoke

Artista Masculino:
The Weeknd

Artista Feminino:
Taylor Swift

Melhor Duo/Grupo:
BTS

Melhor Artista Billboard 200:
Taylor Swift

Melhor Artista do Hot 100:
The Weeknd

Melhor de Artista de Streaming:
Drake

Artista com Mais Canções Vendidas:
BTS

Melhor Artista das Rádios:
The Weeknd

Melhor Artista Social: (votado pelos fãs)
BTS

Melhor Artista R&B:
The Weeknd

Melhor Artista Masculino de R&B:
The Weeknd

Melhor Artista Feminino de R&B:
Doja Cat

Melhor Artista de RAP:
Pop Smoke

Melhor Artista Masculino de RAP:
Pop Smoke

Melhor Artista Feminino de RAP:
Megan Thee Stallion

Melhor Artista de Country:
Morgan Wallen

Melhor Artista Masculino de Country:
Morgan Wallen

Melhor Artista Feminino de Country:
Gabby Barrett

Melhor Duo/Grupo de Country:
Florida Georgia Line

Melhor Artista Latino:
Bad Bunny

Melhor Artista Masculino Latino:
Bad Bunny

Melhor Artista Feminino Latino:
Karol G

Melhor Duo/Grupo Latino:
Eslabón Armado

Melhor Artista Dance/Electronic:
Lady Gaga

Melhor Artista Cristão:
Elevation Worship

Melhor Artista Gospel:
Kanye West

Melhor Álbum Billboard 200:
Shoot for the Stars, Aim for the Moon de Pop Smoke

Melhor Álbum de R&B:
After Hours de The Weeknd

Melhor álbum de RAP:
Shoot for the Stars, Aim for the Moon de Pop Smoke

Melhor Álbum de Country:
Dangerous: The Double Album de Morgan Wallen

Melhor Álbum de Rock:
Tickets to My Downfall de Machine Gun Kelly

Melhor Álbum Latino:
YHLQMDLG de Bad Bunny

Melhor Álbum de Dance/Electronic:
Chromatica de Lady Gaga

Melhor Álbum Cristão:
My Gift de Carrie Underwood

Melhor Álbum Gospel:
Maverick City Vol. 3 Part 1 de Maverick City Music

Melhor Música do Hot 100:
“Blinding Lights” de The Weeknd

Melhor de Música de Streaming:
“ROCKSTAR” de DaBaby (Feat. Roddy Ricch)

Música Mais Vendida:
“Dynamite” de BTS

Melhor Música de Rádio:
“Blinding Lights” de The Weeknd

Melhor Colaboração: (votado pelos fãs)
“I Hope” de Gabby Barrett (Feat. Charlie Puth)

Melhor Música R&B:
“Blinding Lights” de The Weeknd

Melhor Música de RAP:
“ROCKSTAR” de DaBaby (Feat. Roddy Ricch)

Melhor Música Country:
“I Hope” de Gabby Barrett

Melhor Artista de Rock:
Machine Gun Kelly

Melhor Música Rock:
“Bang!” de AJR

Melhor Música Latina:
“Dákiti” de Bad Bunny & Jhay Cortez

Melhor Música Dance/Eletrônica:
“Roses (Imanbek Remix)” de SAINt JHN

Melhor Música Cristã:
“Graves Into Gardens” de Elevation Worship (Feat. Brandon Lake)

Melhor Música Gospel:
“Wash Us In The Blood” de Kanye West (Feat. Travis Scott)

BANTULOJA
nv-author-image

Marito Varela

De Benguela para o mundo. Dos blogs, da música, das tecnologias e das ciências.