Cinema São Jorge, Lisboa | DR

Arquiteturas Film Festival: “Luanda a Fábrica da Música”

Se me dissessem agora que ia conhecer o DJ Buda eu ia já. Quando comecei a assistir o documentário sobre como dois irmãos de Luanda converteram o seu amor pela música em negócio fiquei siderada.

Este olhar de Kiluanje Liberdade e Inês Gonçalves, em 2008, remonta àquela cidade onde ainda se dormia em contentores porque não havia espaço para o pulsar da batida de um país em construção.

O kuduro era banda sonora de todos os movimentos. Os nacionais, os estrangeiros que chegavam curiosos com a nossa cultura, os gananciosos e a economia que crescia a um ritmo galopante, através do petróleo. 

Nessa altura, o prédio da Sonangol, na Mutamba, ainda não estava para inaugurar e 1000 kwanzas valiam dez dólares. O valor que os cantores de kuduro tinham de pagar ao DJ Buda para captar as suas vozes no estúdio da sua casa. Um prédio semiabandonado do tempo colonial cheio de vida e movida.

Enquanto escrevo estas linhas ouço o novo single da PongoLove “Bruxos” e lembro-me do concerto dos Buraka Som Sistema no Festival do Sudoeste, um ano antes. 

Neste filme, pus os pés no chão como aquelas cassetes que se rebobinavam e não mudava nada. Só pedia para ir às festas que eram organizadas como outro rendimento extra e mostram a vontade e resiliência destes jovens angolanos da cidade mas que a cidade estava tão longe deles.

Há talento. Continua a haver e há a invisibilidade também.

Quando olhas para eles, Angola?

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Magda Burity

Comunicadora nata, ativista e antiracista Magda Burity soube, desde cedo, que queria ser jornalista. Com carreira em Moçambique e Angola, é em Portugal que tem desenvolvido os mais recentes projetos dedicados ao Media Coach, digital e empreendedorismo. País onde nasceu e regressou há 4 anos depois de 15 anos em África.