Emicida

Emicida lançou “AmarElo” ao vivo em todas as plataformas digitais

Depois de disponibilizar o álbum AmarElo em 2019 e o documentário, com o mesmo título, na Netflix em 2020, Emicida lança agora o mesmo projeto mas no registo ao vivo, no YouTube e plataformas de audio como Spotify.

“Para que hoje a gente esteja nesse lugar, que foi negado aos nossos ancestrais, muitas pessoas suaram e sangraram no caminho”, afirmou Emicida em novembro de 2019, em cima do palco do Theatro Municipal, na apresentação de lançamento da experiência social ‘AmarElo’.

Para o cantor e compositor paulista, aquele foi o dia mais bonito da história daquele espaço e, por isso, ele merecia ser eternizado em vídeo. Usando esse espetáculo como fio condutor, o artista deu novos contornos à história da cultura brasileira com o lançamento do documentário ‘AmarElo – É Tudo pra Ontem’, que chegou à Netflix em dezembro de 2020.

Em tempos de pandemia, em que a indústria do entretenimento tem sofrido com a paralisação, Emicida ousa, mais uma vez, ao lançar agora o registo desta apresentação histórica, que conta a participação especial de Pabllo Vittar, Majur, MC Tha, Drik Barbosa e Jé Santiago. Paralelamente à disponibilização do registo audiovisual do espetáculo em lançamento global na Netflix, é também editado digitalmente o álbum ao vivo do concerto.

No YouTube, as 20 músicas do álbum foram disponibilizadas com um visualizer.

De recordar que, sem avançar detalhes, no ano passado, Emicida e o Lab Fantasma anunciaram que iriam lançar juntos uma nova produção na Netflix, em 2021.

Relembramos-te que a BANTUMEN disponibiliza todo o tipo de conteúdos multimédia, através de várias plataformas online. Podes ouvir os nossos podcasts através do Soundcloud, Itunes ou Spotify e as entrevistas vídeo estão disponíveis através do nosso canal de YouTube.

Podes sugerir correções ou assuntos que gostarias de ler, ver ou ouvir na BANTUMEN através do email redacao@bantumen.com.

TRABALHO DE PRETO
nv-author-image

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.