Ocorreram alterações na bolsa de valores em Wall Street, e desta vez é mais um gigante da tecnologia, a Amazon.com, Inc. tornou-se, pela primeira vez, a maior empresa do mundo em valor de mercado, mesmo após uma forte turbulência que atingiu as ações das gigantes tecnológicas.

No fim de novembro, a Microsoft superou a Apple, que, durante algum tempo, liderou o mercado. No entanto, as preocupações dos investidores quanto a vendas de iPhones colocou a Apple no quarto lugar em valor de mercado, atrás da Alphabet, a empresa mãe do Google.

A mudança ocorreu no dia 7 de janeiro e as acções da Amazon encerraram com alta de 3,44%, cotado a USD 1.629,51, com um valor de mercado em torno de USD 797 bilhões.

O que motivou?

O declínio de 25% das ações da Amazon no último trimestre levou os investidores à compra de ações da empresa para o início deste ano, de acordo com alguns analistas. Apesar dos temores de desaceleração do crescimento económico global, a gigante do comércio eletrónico deve mostrar um aumento de 20% nas vendas do quarto trimestre em relação ao mesmo período de 2017, quando reportar os seus números nas próximas semanas, conforme aponta a projeção da FactSet.

A actual valorização

A valorização das ações da empresa comandada por Jeff Bezos encerrou o reinado de algumas semanas da Microsoft, que terminou o dia em alta de 0,13%, com USD 784 bilhões em valor de mercado (por comparação, o produto interno bruto de Angola em 2017 foi de 124,2 bilhões USD).