Angola e Moçambique estão entre os cinco países africanos recomendados pela consultora EXX Africa como os melhores destinos de investimento para este ano, juntamente com Etiópia, Gana e Mauritânia.

“Esta seleção é baseada na nossa pesquisa local, metodologia própria de previsões e cálculos relativamente ao risco quantitativo”, lê-se no relatório ‘Africa Investment Risk Report 2019’, enviado aos investidores e a que a Lusa teve acesso.

A seleção, explicam os analistas liderados por Robert Besseling, “apresenta algumas das nossas previsões de risco para este ano e sinaliza potenciais oportunidades de negócio e novos investimentos”, num conjunto de estimativas que leva em linha de conta “os principais motivos para os riscos político e de segurança e económico, bem como outras tendências de mais longo prazo que podem determinar a trajetória de risco de um país”.