Longe vai o tempo em que ter barba não era bonito e muito menos moderno. Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades e, hoje, quanto mais longa melhor e há cada vez mais produtos de beleza destinados à barba.

Seja num ambiente formal ou informal, ter barba já é cada vez mais aceite pela sociedade, o que é necessário é que esta esteja bem cuidada e com um aspeto “saudável”.

Mas para ter uma barba bonita, saudável e brilhante, dá trabalho. A oferta de produtos para é muita, desde pomadas a balsamos. Para a deixar crescer tens de passar por seis passos sugeridos pelo site noticiasaominuto, que devem ser seguidos à risca. Estas dicas servem para inciciantes como também podem ajudar os  veteranos da barba:

1 – Rosto “limpo”: É agora que vai começar o processo. Nesta fase, o importante é preparar a pele, que deve ser eficientementemente hidratada de forma a minimizar a irritação da pele e a promover um crescimento saudável;

2 – Barba subtil: Pode não ser ainda uma barba assumida, mas já tem tamanho suficiente para que substitua o sabão comum por um gel de limpeza indicado para barba. Desta forma elimina os óleos e sujidade que se acumula com mais facilidade na barba do que na pele sem pelo. Este hábito vai também garantir que não sofras de irritação com o crescimento da barba;

3 – Barba oficial: Pode demorar até chegar a esta fase, mas se é uma barba que queres, a espera valerá a pena. Além de se manter a limpeza do rosto com pelo, deve-se acrescentar algum produto condicionante que garante que se amacia a barba. Podes aproveitar os produtos usados para o cabelo, caso já tenhas o hábito de aplicar um condicionador;

4 – Barba que precisa de ser nutrida: Não é assim tanto trabalho. Se já te habituaste à troca de produtos de limpeza e passaste a condicionar, também, a barba, numa face em que a barba já tem um tamanho considerável só tens de acrescentar um óleo que garanta que a deixa nutrida, além de hidratada. Os pelos da barba são normalmente mais secos e grossos que o cabelo, logo, este é um ponto essencial a quem quer manter uma barba;

5 – Barba que precisa de controlo: Chegou a hora de tesoura entrar em ação. Se tens a possibilidade de ir de duas em duas semanas ao barbeiro, ótimo, mas nada como ter em casa a tua própria tesoura que garanta que mantens a barba na posição pretendida. Não há grande ciência, só tens de ser mais teimoso do que cada pelo que escolher ir para lados opostos em vez de seguir a posição que se pretende;

6 – Barba completa: Agora sim, chegado o tamanho e forma pretendidos, só tens de a manter. O cuidado tem de ser diário, tal como um cabelo que pede para ser tratado diariamente com os produtos e técnicas certas. Se é algo com que já te identifiques, valerá todo o “esforço”, que não tem de ser visto como tal, mas sim como um momento teu, de auto-carinho.