O British Film Institute anunciou que vai parar de financiar filmes que tenham vilões com cicatrizes. Isto porque querem apoiar publicamente a campanha da organização Changing Faces #IAmNotYourVillain.

De acordo com o jornal britânico “Telegraph”, o British Film Institute é a primeira companhia a apoiar este movimento que quer acabar com a estigmatização das cicatrizes faciais.

“Os filmes são catalisadores da mudança e é por isso que nos estamos a comprometer para não termos uma representação negativa através de cicatrizes ou diferenças faciais nos filmes que financiamos”, salientou Ben Roberts, director-geral da entidade.

A desfiguração faciais é utilizada na indústria do cinema por realizadores para intensificar a personagem de um vilão na história. A Changing Faces quer assim acabar com esta associação.

Recorda na galeria abaixo alguns dos vilões que apresentaram cicatrizes na cara e ficaram conhecidos. 

Este slideshow necessita de JavaScript.