Uma peça de uma instalação do artista angolano Binelde Hyrcan desapareceu, nesta segunda-feira, 19, durante a Bienal de Atenas. O rei da obra intitulada The King Is Dead! Vive Le Roi!, que entretanto já foi devolvido sem a devida coroa e indumentária, desapareceu durante uma visita guiada à exposição. Constituída em ouro e diamantes, a coroa utilizada na obra está avaliada em 20 mil euros, de acordo com o próprio artista.

Segundo emails, a que a BANTUMEN teve acesso, trocados entre a organização do evento e Binelde, havia vigilância presente no espaço da exposição, mas naquele dia de tarde “o espaço estava lotado, especialmente durante as visitas guiadas”. A organização sublinha ainda que a peça está assegurada e que a respetiva companhia de seguros seria acionada.

Vendida à Fundação Sindika Dokolo, a peça já foi exibida em Lisboa, na Colecção Berardo na Exposição No Fly Zone. Numa entrevista à RFI, o artista angolano refere ainda que esta não é uma situação inédita na Grécia.

A Bienal de Atenas acontece na capital grega desde 26 de Outubro até 9 de Dezembro.