O ator Djimon Hounsou interpretará Denis Mukwege no próximo longa-metragem Panzi. Esta cinebiografia, dirigida pela realizadora francesa Marie-Hélène Roux, irá traçar a história do Prémio Nobel da Paz deste ano, o doutor Denis Mukwege, cuja vida tem dedicado a “curar” o corpo e a mente de mulheres e crianças que sofrem atrocidades durante a guerra, como o estupro.

.1Divided, focada no desenvolvimento de filmes com compromisso social ou político, é a produtora que adquiriu os direitos exclusivos para retratar a vida e história de Mukwege e do seu colega e amigo Guy-Bernard Cadière.

 

Voir cette publication sur Instagram

 

Une publication partagée par Dr. Denis Mukwege (@drdenismukwege) le

As numerosas performances cinematográficas de Hounsou fazem dele um jogador chave para interpretar este novo papel. No seu currículo tem duas nomeações ao Óscar de Melhor  Ator Secundário, com Im America e Blood Diamond e recebeu ainda o prémio de NAACP Image Award de Melhor Ator, pela sua interpretação em Amistad, de Steven Spielberg.

O actor também teve um papel secundário no clássico Gladiador, com Russell Crowe.

Mukwege é um renomado ginecologista congolês que fundou o Panzi Hospital, em Bukavu, na República Democrática do Congo, onde trata milhares de mulheres há décadas, que foram violadas por rebeldes armados.