Já se conhecem os nomes que integram a lista dos 100 líderes económicos com menos de 40 anos da Forbes África e desta vez há a presença a triplicar da lusofonia. Ivanilson Machado, Miguel Carneiro, Zandre Campos e Aldo Tembe, são os nomes a memorizar.

afrodescentes
IMAGEM: @ivanilson_machado

Ivanilson Machado, na 18ª posição da lista, é angolano, tem 37 anos e é director geral da operações da Puma Energy em Moçambique e esta é o terceiro ano consecutivo que integra a lista da Forbes. Ainda este ano, Machado foi nomeado uma dos 100 afrodescendentes mais influentes do mundo com menos de 40 anos, pelo MIPAD.

Miguel Carneiro, 35 anos, ocupa o 11.º lugar do ranking da Forbes e foi CEO da Sociedade Baía de Luanda e é atualmente o líder da área de Investimentos Alternativos do Fundo Soberano de Angola e lidera equipas de investimento e respetivas transações desde o início até à conclusão.

O empresário Zandre Eudénio de Campos, que ficou no 52.º lugar, tem 39 anos, e é fundador e CEO da ABO Capital, antiga Angola Capital Investments, e a “sua carreira tem sido dedicada ao desenvolvimento sócio económico de Angola, bem como de outros países Africanos”, de acordo com o seu perfil no website da empresa. Zandre foi também administrador do extinto banco BESA.

Aldo Tembe, 35 anos, é um empresário de sucesso moçambicano, que aparece na posição 73 da lista, é o presidente-diretor geral da Moçambique Previdente, Sociedade Gestora de Fundos de Pensões.