A Gallup, empresa especializada em sondagens, anualmente faz um inquérito entre os norte-americanos para eleger as personalidades mais admiradas dos últimos doze meses. Pela primeira vez em 17 anos, há um mulher no topo, Michelle Obama.

A lista é sempre ou quase sempre composta pelas mesmas personalidades e são poucas as vezes em que podemos ver uma novidade. Barack Obama, por exemplo, voltou a ser considerado pela maioria dos inquiridos como o “homem mais admirado” pelos norte-americanos. Esta foi a 11.ª vez consecutiva que tal aconteceu.

Já Donald Trump ficou em segundo lugar do pódio. O Papa Francisco, por exemplo, surge em quarto lugar nesta lista, Tenzin Gyatso mais conhecido como Dalai Lama ficou em oitavo lugar.

Hillary Clinton, anterior primeira-dama e secretária de Estado, ficou em terceiro lugar dando a liderança a Michelle Obama, a anterior primeira-dama, que é a nova líder, seguida de Oprah Winfrey, que surge no segundo lugar.

Relembremos que foi um bom ano para o casal Obama, desde o acordo com a Netflix ao lançamento do livro Becoming de Michelle Obama, que se tornou num best seller de 2018.

De acordo com a Publishers Weekly, Becoming vendeu mias de 700 mil cópias só na sua primeira semana e cerca de 1,5 milhões nas primeiras três semanas. Michelle Obama deixou para trás, Hillary Clinton, que apenas vendeu 600 mil cópias em uma semana, em 2003.