O major-general Gary Brito, descendente de cabo-verdianos é o primeiro negro a dirigir o Centro de Excelência do Exército de Fort Benning, em Atlanta, nos EUA, que existe há mais de cem anos.

A imprensa norte-americana destaca o feito e cita o novo dirigente do mais prestigiado centro de formação militar do país: “É uma honra ser selecionado como comandante do Centro de Excelência. E sendo o primeiro afro-americano é uma honra extrema e um privilégio. Tenho consciência de que sou carregado nos ombros daqueles que vieram antes de mim – pára-quedistas, rangers e todos os soldados que fizeram grandes feitos. Sou extremamente privilegiado por estar aqui hoje, reconhecendo os grandes feitos de muitos soldados antes de mim.” O discurso aconteceu durante a cerimónia de empossamento de Gary Brito.

LER+: Dicas sexuais que te vão afastar das DST

De 1990 a 1995, Brito foi estudante no Curso Avançado de Diretor de Infantaria; instrutor no Official Candidate School; comandante da E Company, e instrutor para a Divisão de Táticas.

De 2003 a 2004, foi chefe do Office of Infantry Proponency e, de 2004 a 2006, foi comandante do 1º Batalhão, 15º Regimento de Infantaria, 3ª Brigada de Combate, 3ª Divisão de Infantaria.