Um estudo feito pelo departamento Departamento Nacional de Pesquisa Económica concluiu que nos Estados Unidos, ter um iPhone ou um iPad da Apple é um forte indicativo de que se ganha muito dinheiro.

Os economistas Marianne Bertrand e Emir Kamenica, da Universidade de Chicago chegaram a esta conclusão usando dados da Mediamark Research Intelligence, cuja amostra foi composta por 6.394 inquiridos.

“De acordo com a análise dos dados de que dispomos, em relação a 2016, nenhuma marca individual é tão preditiva de se traduzir em altos rendimentos quanto ter um iPhone da Apple”, explica o Business Insider, citando os autores.

Embora possa haver execeções, os economistas defendem que 69% das pessoas que têm iPhones possuem rendimentos mais elevados. Esta é, no entanto, uma tendência de mercado relativamente recente já que esta tecnologia só apareceu em 2007.