O movimento hip hop angolano está em franco crescimento e a nova vaga de rappers tem contribuído bastante para esse crescimento, a par das novas tecnologias e redes sociais.

Johnny B faz parte da estatística. É um jovem natural de Luanda que começa a dar os primeiros passos para a popularidade. O seu nome surge inspirado numa personagem de desenhos animados e é assim que já era chamado entre os amigos.

A popularidade só chegou agora mas a música está na sua vida desde 14 anos, quando as atuações era restritas para a família. Contudo, nem todos aprovavam a sua paixão. “A minha mãe, por ser muito religiosa, essa conversa de ser cantor não lhe caiu assim muito à da minha mãe. Ele vê essa cena como algo normal”, disse Johnny B à BANTUMEN.

No seu repertório tem sete projetos individuais e conta com uns tantos colaborativos. Johnny B fala sem gaguejar que o rap não limita a sua arte. “Sou músico, então tenho o objectivo de vir com a minha vibe na música em geral e não exclusivamente rap”.

O seu nome ganhou mais apreciação quando esteve envolvido em projetos com artistas de peso dentro da nova escola como o grupo Young Family e Kelson Most Wanted. “Essas participações têm sido muito boas. Mostrei o que queria fazer e eles identificaram-se com a minha vibe e aceitaram colaborar.”

Ouve abaixo um dos últimos sons de Johnny B publicado no SoundCloud.