Depois de um trailer e teaser terrivelmente assustadores transmitidos no Super Bowl, Jordan Peele revelou um novo cartaz de Us com Lupita Nyong’o, e não há dúvidas sobre a natureza de seu novo longa-metragem.

Ao contrário de Get Out, onde comentários sociais eram mais importantes que o medo, com Us, o realizador decidiu dar-nos um verdadeiro filme de terror, como explicou numa entrevista à Rolling Stone.

“Eu sou tão louco por filmes de terror que a confusão em torno do género de Get Out partiu o meu coração. Planeei fazer um filme de terror, e no final não é realmente um filme de horror. Como um fã de horror que sou, realmente queria contribuir para esse universo”, disse.

 

Voir cette publication sur Instagram

 

Une publication partagée par Jordan Peele (@jordanpeele) le

E se uma família negra está no coração de Us, a complexidade e a dificuldade das relações raciais e sociais nos EUA não foram um tema importante a relevar neste novo filme.

“É importante para mim poder contar uma história de negros sem o assunto ser a raça, e percebi que não tinha visto um filme de terror deste tipo com uma família afro-americana no centro. Quando percebes que estás a assistir a filme de terror com uma família negra, segues em frente e estás apenas a assistindo a um filme. Estas apenas a ver pessoas e isso mostra algo muito diferente em relação a Get Out. Não é tudo sobre raça. Get Out prova que é tudo sobre raça. [Com este filme] provei duas coisas!”, revelou  Peele na entrevista.

O realizador explica ainda que sua primeira inspiração para Us foi um episódio antigo de The Fourth Dimension, Image in a Mirror, onde uma jovem é perseguida pelo seu gémeo maligno. Mais uma novidade, o cineasta vai ressuscitar a série culto para a CBS, com um primeiro episódio programado para o dia 1 de abril.

A estreia norte-americana de Us acontece no dia 22 de março e a europeia a 20 de março.