Nascemos sem culpa de nada e quase sem nada, mas cada vez mais, responsabilizados pelo que outrora não estava sob nossa responsabilidade. Na eventualidade de não preenchermos o nada com algo, poderemos continuar vazios, estando cada vez mais no alheio.

Se não compreendermos a vida ela se tornará mais complicada, reclamar muito dela é viver sem perceber as oportunidades que quando assim prosseguimos ficam distantes. Os desafios da vida são como o tempo, temos que dominá-lo para não sermos dominados.

Infelizmente somos mais preparados para o sucesso do que para alcançá-lo, seguimos os ditos sucedidos sem perceber o que esteve por detrás daquilo ou julgamos os ditos sem sucesso, desperdiçando a oportunidade das lições de cada uma das histórias.

As etapas da vida são quase irrecuperáveis. Muitos perdem-se querendo tudo sem fazer nada, beliscando a paz e tranquilidade dos outros, outros caminham enfrentando os desafios da vida respeitando os outros, usufruindo o quão bela é esta vida amando o próximo e aproveitar o presente porque pode não existir mais o amanhã.

Agradeçe ao universo pela vida, não percas tempo lutando pelo que é inútil. Às vezes já somos aquilo que sonhávamos, por isso, vive a vida aproveitando porque até o futuro vive-se no presente.