Né Jah: Um dia vamos ter o nosso próprio movimento

Na entrevista com a BANTUMEN, o artista falou-nos sobre como vê atualmente o rap crioulo na lusofonia e também em França, onde está a viver nos últimos anos.

Na primeira semana de 2019 estivemos no Seixal, uma cidade portuguesa do distrito de Setúbal, onde cresceu um dos atuais pilares do rap feito em crioulo na Europa.

Né Jah é um rapper português filho de pais cabo-verdianos que começou a ter destaque quando lançou o single “Sem Mimos”, em Agosto de 2012, tendo sido um dos primeiros vídeos de rap crioulo a atingir a marca de um milhão de visualizações.

A carreira musical do rapper do Seixal está prestes a completar dez anos. Teve início em 2009 e tem-se vindo a manter fiel ao estilo que o tornou conhecido e sempre em crioulo.

Neh Jah tem como objetivo comunicar e expressar-se através da música, cativar cada vez mais pessoas e tentar abrir cada vez mais portas e contribuir para que o rap não perca o seu devido valor.

Na entrevista com a BANTUMEN, o artista falou-nos sobre como vê atualmente o rap crioulo na lusofonia e também em França, onde está a viver nos últimos anos.

De sublinhar que, o rapper também disponibilizou no último mês de 2018 os singles “Avontadi” e “Strangero”, faixas que podem ser músicas promocionais do seu novo álbum com previsão de saída ainda para o primeiro semestre de 2019.