A Netflix está a analisar o continente africano onde se prepara para começar a gravar séries a partir do próximo ano. A revelação foi feita pelo vice-presidente da empresa, Erik Barmack.

“Definitivamente, podemos dizer que vamos gravar algumas séries lá a partir de 2019”, disse o empresário, na conferência Contente London, em Londres, Inglaterra.

Esta aposta faz parte dos planos da Netflix até porque, com o passar do tempo, Erik Barmack afirma que chegará o momento em que as séries mais vistas do serviço de streaming serão filmadas fora dos Estados Unidos da América.

“Vai chegar o momento em que metade dos dez programas mais vistos em determinado ano serão de fora dos Estados Unidos. (…) Não acho que isto esteja muito longe de acontecer. Poderá acontecer nos próximos anos”, rematou.