Kanye West está a ser atacado pela produtora alemã PAN por ter samplado ilegalmente um título do músico Kareem Loft, na sua música “I Thought About Killing You”, que abre o álbum Ye. É normal que em pleno 2018 um artista da envergadura de West se deixe levar vir este tipo de situações embaraçosas? Sim. Na verdade a culpa nem é sua e sim do co-produtor do título, Francis Farewell Starlite.

O lançamento do último álbum de Kanye West foi inquestionavelmente o evento musical da semana passada. E mesmo que Yezzus seja profundamente irritante e mesmo que Ye não seja o melhor álbum da sua discografia, o artista exige respeito. Desde o início da sua carreira que West perpetua o exercício do sampling, mas tudo tem um preço, que o artista até pode pagar, considerando a fortuna que já amealhou.

Mas se todos os outros títulos do álbum estão conforme as regras, a nível de simples, o que se passou com “I Thought About Killing You”? Bom, o facto é que Kanye não trabalha sozinho.

Desde sua estréia, ele tem perpetuado a tradição de amostragem em seu hip-hop, com grandes esforços no campo (My Beautiful Dark Twitsted Fantasy em primeiro lugar). Você não é uma exceção à regra. Mas, para provar, você tem que pagar, o que ele pode pagar graças à fortuna acumulada durante sua carreira. Esta constatação, é extremamente surpreendente ver que ele é atacado pela marca alemã PAN por violação de direitos autorais sobre o título “Eu pensei em matar você” em seu último álbum. No entanto, as outras amostras são declaradas, nas regras da arte. Por que não alinhar ingressos para este? Porque o rapper não trabalha sozinho, e se podemos culpá-lo por muitas coisas, ele não é responsável por todos os males da terra ou de toda a sua música. E não.

Você fodeu, Francis Farewell Starlite, cantor pop e compositor americano que trabalhou em “I Thought About Killing You” como co-produtor. A label PAN explicou no Twitter que Kanye samplou a música “Fr3sh” do artista Kareem Lofty, lançada em 2017.

Na mesma rede social, Francis apressou-se a assumir a culpa do acontecido e explicou que este sample foi adicionado no “último minuto” e que só agora estavam a tratar da burocracia.

Sublinhamos que, com a sua obra “Ye”, West juntou-se aos Beatles e Eminem na lista de artistas com oito álbuns que alcançaram os tops das tabelas de música norte-americanas.