O jovem rapper norte-americano XXXTentacion, cujo nome verdadeiro era Jahseh Onfroy, foi morto a tiros esta segunda-feira. A polícia está a tratar do caso como um suposto assalto à mão armada. Uma mala Louis Vuitton do rapper foi levada por um dos suspeitos, avançou a TMZ.

XXXTentacion era polémico. Há pouco tempo, o Spotify retirou todas as suas músicas da plataforma de streaming, por este estar envolvido num caso de agressão à sua namorada grávida, e tentativa de suborno de testemunha, motivo pelo qual estava em liberdade vigiada pelas autoridades. Depois de alguma pressão de produtoras e artistas,  o Spotify voltou atrás na sua decisão.

XXXTentacion foi uma das principais figuras na cena rap do SoundCloud, um movimento caracterizado pela sua energia bruta e produção de baixo custo, inspirado pelo punk e hardcore. Lo-fi rap, adolescentes de dread locks rosa que tomam comprimidos de todos os tipos e gravam música com os seus MacBooks. Deste cenário, saem rappers como Lil Pump e Smokepurpp. XXXTentacion tornou-se conhecido no Soundcloud com “Look at Me”, 2015, cuja imagem de promoção é a sua mugshot (foto de detenção). A faixa estreou-se timidamente nas tabelas de música nos EUA, meses depois chegou ao Top 100 Singles. XXX é então nomeado “XXL Freshmen 2017”, uma lista anual que determina os futuros grandes nomes do rap norte-americano.

A partir daí, com a explosão da sua notoriedade, o jovem assinou contrato com uma produtora do Capitol Music Group (grupo Universal). Na primavera, o seu segundo álbum, ?, (sim, o nome do álbum é apenas um ponto de interrogação) sobe ao topo da Billboard 200, destronando os gigantes Metallica e a banda sonora do filme Black Panther. Na sua música, XXXTentacion namorisca com o emo (estilo de música rock característica pelas suas palavras expressivas) e fala sobre a sua depressão e mal-estar. Basta ouvirmos “Moonlight”, “Sad” e “Jocelyn Flores” para nos apercebermos do mundo sombrio de Tentacion.

Kanye West foi uma das celebridades que quis dizer algumas palavras sobre a experiência que teve com o rapper em vida. “Descansa em paz. Quando ainda estavas connosco, nunca te disse o quanto me inspiraste”, escreveu West no seu Twitter.