Determinada a tornar-se líder na gama SUVs premium, a Land Rover tem um novo membro na sua família Range. O novo Velar, que significa esconder em latim, encaixa na categoria do Audi Q5 e Volvo XC60, com sofisticação e preços cada vez mais elevados.

O Velar foi distinguido com o galardão World Car Design of the Year, na edição deste ano dos prémios World Car Awards, cujos resultados foram anunciados no Salão Internacional Automóvel de Nova Iorque.

A Land Rover é um pouco como a Apple, em relação ao Iphone, que cria necessidades para os seus clientes através de um produto que já é bastante popular.

Posicionando-se entre o Range Rover Evoque e o Range Rover Sport, o Velar “aporta uma nova dimensão de modernidade à família Range Rover com as suas numerosas tecnologias inovadoras que, em conjunto, fazem com que seja um prazer conduzir e viajar neste veículo”, afirmou o responsável pelo Design da Land Rover, Gerry McGovern. Mas este carro não é, definitivamente, para o bolso de todos. Possuir o veículo cujo design foi considerado o mais apelativo do planeta custa, no mínimo, 68.330€.

Entre os detalhes mais distintivos deste SUV de luxo, desenhado e produzido no Reino Unido, encontram-se os faróis Matrix Laser-LED, os puxadores das portas e o sistema de infoentretenimento Touch Pro Duo.