Sabias que existe uma zona do teu cérebro que doenças como o Alzheimer não podem atingir? A música ativa essa área ajudando a tratar a ansiedade em pacientes que sofram de demência.

O estudo foi realizado por um grupo de  investigadores da Universidade de Saúde de Utah, EUA, indica o site Sur. A investigação confirmou que ouvir um certo tipo de música ativa a referida zona cerebral trazendo o paciente à realidade, afastando qualquer sentimento de ansiedade, depressão e agitação.

Mesmo atingindo bons resultados, a pesquisa que se baseou numa amostra de 17 adultos, ainda não revelou os efeitos específicos deste tratamento a longo prazo. Claro que este não é o caminho para a cura do Alzheimer, mas é um ponto de partida para diminuir os efeitos da doença e melhorar a qualidade de vida do paciente.