O álbum Filho das Ruas 2 foi o assunto mais falado no rap lusófono esta semana. A versão digital foi disponibilizada horas antes, da venda oficial em Luanda, que aconteceu este sábado, como de costume na Praça da Independência.

A popularidade de NGA foi medida de novo com este desafio. Considerando que o primeiro volume foi lançado em 2012, foi o tempo necessário para NGA aprimorar os seus skills e sonoridades e este álbum chega-nos aos ouvidos com uma nova versão do rapper luso-angolano.
É cliché dizer isto mas, a Praça da Indecência ficou pequena para quem quis comprar a mais nova obra musical do king da LS. Houve quem fizesse do espaço um acampamento para garantir um lugar na fila que com o passar do tempo aumentava.

Várias figuras de destaque da sociedade angolana fizeram-se presentes, como os CEO da Clé Entretaiment, Mobbers, Nankhova Alves , Man Renas, Dji tafinha, Neide Sofia, entre outros.

Tivemos a oportunidade de falar com algumas dessas pessoas e a opinião de todos tinha um ponto em comum que é a maturidade que NGA trouxe para este álbum. “Temos um NGA mais maduro, com um novo ver do mundo e o seu preço por atuação é acima de um milhão de kwanzas, o álbum veio justificar isso”, explicou o produtor de eventos Man Renas à BANTUMEN.

Foto: Bruno Miguel

Don G deixou claro também que “Só ouvindo o álbum terás noção o que o NGA traz nas suas rimas. Mas é visível essa sua maturidade, e que o nosso objetivo não é vender álbuns mas sim levar a nossa história e motivar cada vez mais os outros. Don G também já está a pensar no seu próximo álbum que poderá estar disponível ainda este ano.

O álbum chama-nos logo a atenção na capa onde vemos a imagem do filho de NGA que foi também a cara do primeiro volume.