Como muitas outras aplicações e serviços, que alteraram a forma como falamos e lidamos com várias situações no nosso quotidiano, a das redes de mensagens mais utilizadas, o WhatsApp, terá agora um serviço pago. Mas, por enquanto, apenas para as empresas.

De forma a rentabilizar o serviço de mensagens instantâneas, o WhatsApp Business é uma versão criada para ser utilizada apenas por empresas, os utilizadores terão de pagar por cada mensagem e caso não respondam aos seus clientes, poderão ser multados.

A aplicação conta com mais de dois milhões de utilizadores em todo o mundo, e apesar de ainda não ser muito claro o modelo que está a ser desenvolvido, o objectivo é concreto. De acordo com o ABC, neste momento já existem três milhões de empresas interessadas neste novo serviço.

Os utilizadores que adiram ao serviço terão de pagar até um euro por mensagem enviada, dependendo dos países. E qualquer atraso dos utilizadores a responderem aos clientes será cobrado pela aplicação.

Para além de ser uma aplicação paga para as empresas, o WhatssApp passará a ter contas verificadas, como já acontece com o Twitter, Facebook e Instagram de forma a tornar a experiência dos utilizadores mais segura.

Quem adquirir este serviço poderá ter acesso a respostas automáticas e as empresas vão poder ver as estatísticas para medir o impacto das mensagens junto dos clientes.