O grupo espanhol Inditex, detentor das lojas de roupas Zara, disponibilizou produtos online para compradores em mais 106 países, muitos deles em África, incluindo Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Para os países africanos de língua oficial portuguesa, o catálogo online está disponível em inglês e francês e conta com um serviço de assistência especializado nas duas línguas. Com atualizações quinzenais de novas peças das suas colecções de Homem, Senhora (Mulher, Trafaluc e Basic) e Criança, através de uma navegação simples e visual adaptada a todos os formatos, estas colecções também estão acessíveis de forma combinada com os lookbooks da marca, através de Corner Shops especializados por temática (como o actual Dress Time) e através de Stories que fazem um verdadeiro percurso em imagens de editoriais e colecções cápsula através do site www.zara.com/ww com os pedidos sendo processados em Espanha.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Make a statement this season on special events with a shiny eveningwear

Uma publicação partilhada por ZARA Official (@zara) a

Os novos clientes vão ter também à sua disposição a colecção Join Life da Zara, uma selecção dos artigos elaborados com as matérias-primas mais sustentáveis e mediante processos que ajudam a cuidar do ambiente. Nesta secção específica é possível consultar também os exigentes padrões de sustentabilidade social, ambiental e de qualidade que a Zara aplica em toda a sua atividade para gerar valor para lá do lucro.

O site aceita os métodos de pagamento habituais como PayPal ou os principais cartões de crédito. As encomendas fazem-se em euros (com o consequente custo de envio e alfandegário) e serão enviadas a partir da plataforma online da marca em Espanha e recebidas num prazo entre três e sete dias.

Apesar do aumento de 41% em 2017, as compras on-line respondem por apenas 10% das vendas líquidas do grupo Inditex, ficando atrás de algumas concorrentes. Após o anúncio das vendas disponíveis para mais de 106 países as ações da empresa fecharam em alta de 5,2%, segundo maior ganho no índice acionário espanhol.

Um representante da Inditex disse que a empresa irá expandir ainda mais a sua oferta on-line, visando ter todas as suas outras marcas como a Pull and Bear, Massimo Dutti, Bershka, Stradivarius, Oysho, Lefties, Zara Home e Zara Kids disponíveis para vendas on-line em todo o mundo até 2020.