A lista dos artigos mais lidos desta semana é liderada, sem grande surpresa, pelo novo EP de Monsta, dos Dope Boyz. Na segunda posição surge a polémica fugaz entre OG Vuino e Pé de Galo, seguido do novo trabalho de Eric Rodrigues. No quarto lugar ficou o texto sobre o rapper Luso e para fechar a lista temos a entrevista a Mynda Guevara.

F.A.M.E É O NOVO EP DE MONSTA DOS DOPE BOYZ

Há dois anos que Monsta não lançava um trabalho a solo e estava na altura de voltar ao game. “O objectivo deste EP é acalmar a espera dos fãs. Já não lanço há dois anos e é só uma entrada para o prato principal.”O artista garante que dentro muito em breve, vem aí novo trabalho.

VUI VUI JÁ RESOLVEU QUESTÃO DO REMIX COM KUDURISTA PÉ DE GALO

Vui Vui produziu um remix do hit “Cair Com Cadeira” que aparentemente não foi do agrado do autor da música original. O kudurista chegou a dar uma entrevista onde mostrou o seu desagrado e pedia uma indemnização a OG Vuino. No entanto, parece que a história não foi bem contada.

ERIC RODRIGUES E PRODBYDEX PREPARAM NOVO EP

Eric Rodrigues, o membro mais novo do grupo Mobbers, quer dar mais de si e explorar novas sonoridades. Nessa senda, o rapper aliou-se ao beatmaker ProdByDex e, juntos, estão a trabalhar num novo projeto. Apesar de já serem velhos conhecidos, este será o primeiro trabalho da dupla.

LUSO, A NOVA PROMESSA DO RAP UNDERGROUND EM ANGOLA

O primogénito da label Cave Play, de kid MC, viu nascer a sua veia artística em terras de Camões, mais propriamente na margem sul de Lisboa aonde viveu nove anos. A descoberta do seu talento começou em pequenas rodas de freestyle e em 2006 acabou por se juntar A dois amigos com quem dividia o mesmo amor pela música.

MYNDA GUEVARA: SINAL DE LUTA, RESILIÊNCIA E REVOLUÇÃO

Ao longo dos anos, muitos talentos têm saído dos bairros sociais para os centros urbanos. Dos chamados ghettos dentro das cidades, têm emergido desde atletas, dançarinos e rappers, desmistificando a ideia [errada] que muitos têm acerca dos bairros.