“Toma Bé Toma Bi”, de Pércio Sousa Neves e Silva, rapper são-tomense com quem já trocamos “dois dedos” de conversa aqui, é o seu mais recente single que antecede o segundo álbum de originais, Mata-Pau.

Perto das eleições legislativas de São Tomé e Príncipe, a 7 de outubro, que vai decidir quem será o próximo governo, “Toma Bé Tom Bi” é uma critica social e analítica da situação política de São Tomé e Principe e das falácias do governo, com instrumental de Chaylan. O videoclipe teve realização de Ortet Rodrigues.

De acordo com PEKAGBOOM, o rapper quis passar “uma mensagem super crítica sobre o estado democrático do país que muito parece ser uma ditadura disfarçada de democracia, e onde chamo também atenção do povo de São Tomé e Príncipe”.

O rapper fará parte também da mixtape do sexto aniversário do site Underground Lusófono, com a participação de alguns dos nomes mais importantes dos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa), como Kid MC, Holokhausto MC e Kool Klever de Angola, Mynda Guevara de Cabo-Verde, entre outros.

Vê abaixo “Toma Bé Toma Bi”: